Pesquisa BJUI


Comprovação de aumento peniano - Jornal Britânico de Pesquisas Urológicas

Em abril de 2011, o Jornal Britânico de Urologia Internacional (BJUI) publicou um estudo científico realizado por dois médicos italianos da Universidade de Turim.

Eles pesquisaram no campo da extensão peniana não-invasiva, identificando resultados médicos e clinicamente válidos. Toda a pesquisa foi desenvolvida para certificar algum procedimento de aumento peniano que se comprovasse duradouro e eficaz.

O que é conhecido sobre o assunto e o que o estudo pode adicionar?

Os métodos existentes de alongamento do pénis continuam sendo uma questão controversa. Os procedimentos cirúrgicos de "faloplastia" caracterizam-se por indicações mal definidas e por uma taxa de complicações inaceitavelmente alta, conforme descrito recentemente por uma revisão da literatura, enquanto as técnicas não-cirúrgicas são amplamente divulgadas pelos meios de comunicação, mas muitas vezes não possuem evidências científicas. Na literatura, encontramos apenas dez artigos referentes ao tema da nossa revisão.

Com a nossa análise, buscamos explorar os métodos não-cirúrgicos de alongamento do pénis e se eles podem ter alguma comprovação científica. Nós nos concentramos especificamente nos extensores penianos, que entre os métodos conservadores, são aqueles cuja eficácia é apoiada por alguma evidência clínica.

“Ao que parece, os dispositivos de tração peniana devem ser propostos como primeira escolha para o tratamento de pacientes que buscam um procedimento de alongamento do pénis ". (BJUI)


Os resultados foram conclusivos no sentido de que diferentes estudos sobre diferentes métodos para aumentar o pénis, considerando diferentes médicos e diferentes ensaios, apontam para a mesma conclusão. Quanto as outras pesquisas, os médicos da Universidade de Turim apontam que outras evidências são relevantes, mas não são necessárias para essa conclusão.

As seguintes citações são algumas das principais conclusões do estudo:


"... uma grande atenção foi dada aos extensores penianos, dispositivos não-cirúrgicos que geram tração mecânica progressiva no pênis... ao que parece, esses dispositivos podem produzir um aumento efetivo e duradouro do pênis, tanto no estado flácido quanto durante ereção".

"Os extensores penianos representam a única técnica comprovada de aumento peniano”.

"Aparentemente os dispositivos de tração peniana devem ser sugeridos como opção de tratamento de primeira escolha para os pacientes que buscam um procedimento de extensão peniana". "Em conclusão... as evidências sugerem que os extensores penianos são métodos minimamente invasivos de aumento do pênis. O uso de tais dispositivos pode ser recomendado em todos os pacientes, independentemente do tamanho do pénis ... "